sábado, 5 de novembro de 2011

para dentro dos seus olhos


















Arlandria - Foo Fighters

Quero ver dentro dos meus olhos
Pelo reflexo do espelho que quebrei
Para detonar essa falsa alegria
Da sorte que sorriu sem parar
O dia levantou com cara de babaca,
Acordando toda gente cortês.
Eu fui em passos canalhas,
Para além do que foi capaz o amor e sua lucidez.

Bruno Tadeu Lopes


3 comentários :

Anônimo disse...

Que lindo esse poema :(

Segredos no Blog... disse...

Oi amei.
Já estou te seguindo,porque com certeza voltarei mais vezes beijos.

Bruno Tadeu Lopes disse...

Obrigado, "Segredos". Suas palavras serão sempre bem vindas. beijo!