domingo, 27 de fevereiro de 2011

abrindo-se em caminhos remendados

A seqüência é vivida.
Poderíamos interrompê-la.
Não existe retorno nem remendo.
E no final da corda seu laço não enforca nem condena.
É este o breu em que podemos enxergar.
E a tristeza só existe porque assim sentimos.
A felicidade,
Ah, a felicidade...
É feliz que nem sente.


(Help! - Caetano Veloso (The Beatles) )

Nenhum comentário :