sábado, 1 de janeiro de 2011

Hora de almoço




(Verde - Projeto Peixes)
para Midori Mizuno
Ao vigor destas flores que germinam no jardim de asfalto quente.
Neste frio que sinto antes de chegar ao sol.
Naquelas crianças que só brincam do outro lado da calçada
Ao som dos automóveis, acelerados motores.
Acalanto!
Aos pássaros que cantam nestes galhos secos,
Onde ficam as lembranças de um lugar que já frutificou.
Deixo aqui minha esperança fria
Ao sair e entrar
De um descanso do almoço quente.

(Bruno Tadeu Lopes – 13.08.2009)

4 comentários :

Francisco Martins disse...

Olá Bruno,
Em primeiro lugar, aproveito para lhe desejar bom ano novo com muita saúde, alegria e sucesso.

Em relação a este post, assim como aos anteriores devo dizer que você escreve muito bem e tem um dom especial para a arte da poesia. São sempre palavras muito bonitas!

Muito obrigado pelos comentários encorajadores que deixou no meu blog. São sempre muito bem vindos :)

Um abraço de terras Lusas!

Francisco

Verônica Heiss disse...

Sempre belas palavras, obrigada!

Bruno Tadeu disse...

Francisco, muito obrigado pelo carinho de sempre. Um grande abraço!

Verônica, eu agradeço também por suas belas palavras em seus textos e no carinho de seus comentários. Muito obrigado pela sua presença.

Katzuki disse...

Lembranças são sempre presentes.
São tão importantes quanto os pensamento que caem no esquecimento.

Abraço, Bruno!
e no seu gato Tigrinho tb!!