segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Simplificando



----------

For No One - Caetano Veloso (The Beatles)
-----------
Talvez não existam motivos, mas simplesmente nos ocorrem aparições avulsas de pessoas em nossas vidas, e damos-lhes algum significado para que possamos entender sua presença ou sua desaparição repentina. Não há de se espantar, não há de se magoar, mas deixar-se agraciar qualquer dúvida insistente, sabendo que algo existiu e complementou sua vida enquanto estiveram conectados por um laço qualquer. Mesmo se as lágrimas caírem, mesmo se o sorriso teimar não se abrir, ficarão armazenadas em nossa mente tudo que um dia foi possível e os caminhos novos que a partir dali surgiram, feito a aparição de uma miragem. Mas se você ainda não percebeu que não é mentira o que um dia esteve ao seu lado, mais complicado que alcançar suas saudades será pisar ao tapete que estende seu novo percurso. Desprezar a tristeza é impedir o significado da felicidade. Esquecer de viver para o futuro é inutilizar o passado. A vida é presença, é solidão, é continuidade, é término. Tudo em meio a multidão que vem e vai sabe-se lá para qual destino.

Hoje o sol saiu entre nuvens cinzentas. Eu olhei para o céu, senti o calor brilhar em meu rosto... e ri com os ventos frios. É tão simples ser feliz.

Bruno Tadeu Lopes

Foto: Luis Antônio Lopes

2 comentários :

Valéria Gomes disse...

É simples e gratificante. O viver carrega consigo a responsabilidade de cada um de ser feliz e se permitir.


Beijos no coração!!!

Bruno Tadeu disse...

Realmente gratificante. Beijo no seu coração!!!