sexta-feira, 18 de junho de 2010

Mundo ficou 'mais burro e cego'


José Saramago na cidade espanhola de Lanzarote, nas Ilhas Canárias, em 1996, pelas lentes do fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado-veja mais no G1)

Escritor português, um dos maiores nomes da literatura contemporânea, vencedor do prêmio Camões(a mais importante condecoração da língua portuguesa) em 1995 e do prêmio Nobel de Literatura em 1998 , José Saramago morre aos 87 anos em sua casa, nas Ilhas Canárias em 18 de junho de 2010, sexta-feira.

O cineasta brasileiro Fernando Meirelles que filmou adaptação de 'Ensaio sobre a cegueira', livro de Saramago, diz que “Mundo ficou ‘mais burro e cego’”
"[Ele] dizia que a morte é simplesmente a diferença entre o estar aqui e já não mais estar. Combatia as religiões com fúria, dizia que elas nos embaçam nossa visão", diz o cineasta. Leia mais no portal do g1 da globo.com

3 comentários :

Francisco Martins disse...

A Natura de facto tem uma linguagem grafica muito inteligente e têm vindo a manter ao longo dos anos uma qualidade visual notável.

Abraços de Portugal

Francisco Martins disse...

ups, acho que me enganei...este comentário era para o post acima. Desculpa :P

Bruno Tadeu disse...

Tudo bem :D
O importante é que a mensagem foi passada e bem entendida ;)
E realmente, também vejo estas qualidades transmitidas pela Natura.
Seja sempre bem vindo a voltar aqui.
Gostei muito do seu blog e do seu trabalho.
Já estou lá a comentar.